Internacional

Com a crise na ordem do dia, mostra-se o esgotamento do capitalismo e a necessidade de lutar pelo socialismo!

P’ra mentira ser segura, / E atingir profundidade, / Tem que trazer à mistura, /Qualquer coisa de verdade… (António Aleixo, poeta popular português, 1899-1849). Fosse António Aleixo hoje vivo, e muito provavelmente reconheceria a sua estrofe na propaganda justificativa da burguesia mundial e dos seus governos para os seus ataques bárbaros às já pauperizadas condições de vida da generalidade dos povos e da classe trabalhadora.

Nacional

Medidas de Costa são maçã envenenada e anunciam austeridade

O governo de António Costa apresentou, no dia 5 de setembro, várias medidas do Conselho de Ministros com o objetivo de, supostamente, apoiar as famílias no combate ao aumento do custo de vida. O pacote não responde às necessidades dos trabalhadores hoje, nem à austeridade anunciada pelas nuvens de crise que se vão adensando na economia nacional e internacional.

Nacional

Medidas de Costa são maçã envenenada e anunciam austeridade

O governo de António Costa apresentou, no dia 5 de setembro, várias medidas do Conselho de Ministros com o objetivo de, supostamente, apoiar as famílias no combate ao aumento do custo de vida. O pacote não responde às necessidades dos trabalhadores hoje, nem à austeridade anunciada pelas nuvens de crise que se vão adensando na economia nacional e internacional.

Internacional

Rainha Isabel II: ao serviço do capitalismo e do colonialismo

A morte da rainha Isabel II, aos 96 anos e 70 anos depois da sua subida ao trono, foi acolhida por amplos setores da sociedade britânica com comoção e tristeza. A cobertura mediática globalizada das cerimónias fúnebres terá sugerido aos espetadores fora das fronteiras do Reino Unido uma sensação de pertença à comunidade dos súbditos de sua majestade. Todavia, para os trabalhadores e para os povos de todo o mundo fora, a herança do seu reinado é outra…

A NOSSA CLASSE Internacional

Primeiras impressões do 2.º comboio de ajuda internacional de trabalhadores à resistência ucraniana

O nosso camarada Alfredo do Estado Espanhol, líder do sindicato Co.Bas em Madrid e militante da Corriente Roja, fez parte do segundo comboio de ajuda internacional de trabalhadores à resistência ucraniana, que tem estado na região ucraniana de Kryvyi Rih nestes dias, transferindo apoio moral e político à resistência dos trabalhadores contra a invasão militar de Putin. Publicamos hoje algumas primeiras considerações desta experiência sob a forma de uma crónica: