Internacional

Para onde vão os Estados Unidos? [Parte 1]

Acabou o mandato presidencial do republicano Donald Trump, em meio de uma situação nunca antes vista no país. Inicia-se o mandato do democrata Joe Biden. Qual é o significado destes eventos para os Estados Unidos e para o mundo? Iniciamos uma série de artigos para tentar responder esta pergunta.

A NOSSA CLASSE AVIAÇÃO EDITORIAL

Governo impõe retrocesso histórico na TAP e sindicatos assinam sem democracia e luta

No passado dia 8 de fevereiro, o Ministério das Infraestruturas e Habitação (MIH), que trata do dossier TAP, lançou uma nota para a comunicação social em que dava conta dos acordos de emergência alcançados na Companhia com os sindicatos. Foram 6 acordos de empresa com 15 sindicatos. Não se cansa o dito MIH na referida nota de se congratular com as assinaturas, realçando o “sentido de responsabilidade e de compromisso” e a “compreensão demonstrada” pelos sindicatos. Na mesma nota, o MIH reconhece a dureza do ataque, confirmando assim a derrota dos trabalhadores.

Nacional

De bom aluno na 1ª vaga a pior recordista da pandemia: como chegou Portugal até aqui?

Há quase um ano que foi identificado o primeiro caso de coronavírus em Portugal. Na primeira vaga, o Governo de António Costa gabava-se dos bons resultados do país frente à pandemia. Hoje somos dos piores países na UE e no mundo, com recordes no número de infetados e mortos, por habitante. Pouco se fala deste percurso, mas é preciso explicar como chegámos aqui.

Nacional

Por que cresce a extrema direita em Portugal?

As Eleições Presidenciais, que ocorreram no dia 24 de janeiro, mostraram um crescimento eleitoral importante de André Ventura, que atingiu um resultado de quase 12%. Muitos ativistas estão preocupados e anseiam por tirar conclusões deste processo. E com razão, pois avaliar com precisão este fenómeno e as suas particularidades em Portugal é um passo importante para os desafios que teremos no próximo período.