A NOSSA CLASSE SETOR AUTOMÓVEL

Um diálogo com os operários da Autoeuropa

A partir destas páginas do jornal Em Luta pretendemos prosseguir o debate que mantemos há vários anos com os operários e ativistas da AutoEuropa. Convidamos, assim, todos os trabalhadores a debaterem connosco a luta contra o retrocesso das nossas condições de vida, mas também a estratégia para a emancipação da classe trabalhadora perante o patronato e governos burgueses e contra as opressões que aqueles nos impõem anos a fio.

A NOSSA CLASSE SETOR AUTOMÓVEL

Todo apoio à luta dos trabalhadores da Autoeuropa! Aumento real de salários já!

O grupo Volkswagen se aproxima de mais um ano a bater todas as metas, estão previstos mais de 12 mil milhões de euros em lucros líquidos.
Em sentido oposto, várias têm sido as lutas a que os trabalhadores do grupo têm sido obrigados para travar a perda de poder de compra. Foi assim na Seat Martorell, em Barcelona; na fábrica da VW de Puebla, no México; é assim que está a ser na Alemanha. Os lucros sobem e os salários descem em relação ao custo de vida.

A NOSSA CLASSE Internacional

Estado espanhol: Mais pessoas a trabalhar, e mais pobres do que antes

A 23 de dezembro, o governo de coligação do Partido Socialista Operário Espanhol (PSOE) e de Unidas Podemos, sindicatos e empresários chegaram a um acordo para modificar a Reforma Trabalhista de 2012. Naquele dia, após vários meses de negociações, chegou-se a um acordo, descrito como “histórico” pela Primeira e Segunda vice-presidentes do Governo, Nadia Calviño e Yolanda Díaz, para reformar o mercado de trabalho espanhol.

A NOSSA CLASSE SETOR AUTOMÓVEL

VW Autoeuropa | Contra o roubo dos salários | Construamos um plano de lutas pelo aumento real do salário

Nos últimos anos, o discurso do patronato passa por crise pandémica, crise dos componentes, crise inflacionária… crise, crise, crise… Durante este período, em 2021, o grupo Volkswagen produziu menos carros, mas aumentou em 78% os seus lucros. Já os trabalhadores obtiveram perdas salariais. Perdas para quem trabalha, ganhos para quem explora, eis a dura verdade da situação atual em que vivemos.

A NOSSA CLASSE Internacional

Primeiras impressões do 2.º comboio de ajuda internacional de trabalhadores à resistência ucraniana

O nosso camarada Alfredo do Estado Espanhol, líder do sindicato Co.Bas em Madrid e militante da Corriente Roja, fez parte do segundo comboio de ajuda internacional de trabalhadores à resistência ucraniana, que tem estado na região ucraniana de Kryvyi Rih nestes dias, transferindo apoio moral e político à resistência dos trabalhadores contra a invasão militar de Putin. Publicamos hoje algumas primeiras considerações desta experiência sob a forma de uma crónica:

A NOSSA CLASSE Internacional Raça & Classe

Massacre em Melilla! Exigimos justiça e reparação para as vítimas e as suas famílias!

Na alvorada da sexta-feira passada os corpos policiais fronteiriços espanhóis e marroquinos realizaram uma operação conjunta para reprimir a entrada de 2 mil migrantes desarmados que se deslocavam conjuntamente para a fronteira no enclave espanhol de Melilla. O que se seguiu, como pode ser visto por várias redes sociais, foi mais uma vez a barbaridade a que largas proporções do mundo estão tão habituadas.

A NOSSA CLASSE SETOR AUTOMÓVEL

Entrevista – IV Encontro Internacional da Rede Sindical Internacional de Solidariedade e Lutas “Encontro tem uma importância comparável ao ligar dos máximos do carro durante uma viagem noturna”

Em abril realizou-se em Dijon o IV Encontro Internacional da Rede Sindical Internacional de Solidariedade e Lutas. Nele estiveram presentes sindicalistas de diferentes países e continentes que trouxeram as suas experiências e procuraram traçar orientações no sentido de fortalecer o movimento sindical combativo e o internacionalismo entre trabalhadores.