Internacional Partido

1º de maio: Parar o genocídio capitalista!

Este é o segundo 1º de maio pelo qual passamos desde o início da pandemia de Covid-19. Em pouco mais de um ano, a barbárie só se aprofundou. Mais de 140 milhões de casos e mais de três milhões de mortes foram registrados no mundo. Mas sabemos que são muitos mais. A pandemia, decorrente de um desequilíbrio na relação humanidade-natureza causado pela sede de lucro do capitalismo, criou a crise de saúde mais dramática em um século, exacerbando a crise econômica e social anterior. Os menos alarmistas falam da pior crise global desde o fim da Segunda Guerra Mundial.

A NOSSA CLASSE AVIAÇÃO

Groundforce: a solução do Governo e acionista privado não protege os trabalhadores! A luta tem de continuar!

O mês de março tem sido marcado pelas mobilizações a nível nacional dos trabalhadores da Groundforce contra o atraso no pagamento dos salários e pela defesa dos postos de trabalho. No dia 18 de março, a TAP/Governo e o acionista privado Pasogal, representado pelo administrador António Casimiro, chegaram a um acordo que permitirá pagar os salários em atraso, mas que não resolve os problemas dos trabalhadores.